É de conhecimento de todos que as pessoas estão a cada dia mais tendo a internet como parte de seu cotidiano.

Compra- se na internet, manifesta-se politicamente na internet, elogia-se ou desmerece-se produtos e marcas na internet, relaciona- se com novos conhecidos, assiste-se filmes e assim por diante.

Em consequência disso, inúmeros crimes são cometidos a cada instante.

Crimes de calúnia, pirataria de produtos, extorsão, chantagem, racismo, divulgação de informações sigilosas, roubos de senhas, vendas inexistentes, espionagem por hackers, roubo de direitos autorais, “porn revenge” falsidade ideológicas, vírus etc.

São os chamados crimes virtuais ou cybercrimes.

Para combater todas essas ilegalidades é que existe o Direito Digital que no Brasil cresce de forma galopante. Até pouco tempo atrás era chamado de “Direito do Futuro” Agora é presente em todas as empresas.

Já há uma legislação específica, moderna para atender essas demandas.

Leis como a conhecida “ Lei Carolina Dieckmman” O Código de Defesa do Consumidor”, “O Marco Civil da Internet” e a “Lei de Proteção de Dados Pessoais” que entra em vigor no ano que vem, já são uma bela garantia desse direito

Esse trabalho decorre de uma associação entre advogados e especialistas em comunicação digital.

Nós da Raízes Digital já assessoramos inúmeros advogados na busca de dados na Web. Programas de monitoramento e softwares específicos analisam o que foi publicado em qualquer setor da internet.

Plataformas como Instagram, Facebook, Blog, Twitters, Sites, Pinterest, Jornais Virtuais, são detalhadamente analisadas por esses programas.

Toda empresa deveria ter um serviço permanente de monitoramento de suas marcas e produtos.

Muitas vezes cria- se algoritmos específicos para buscas mais sofisticadas.

Com os dados obtidos pelos profissionais digitais os advogados trabalham com toda segurança.

O Importante nesse caso é nem o especialista em mídia digital se considerar advogado e nem os advogado se considerar especialista em mídia digital. Isso acontece com frequência e os resultados são lamentáveis.

São profissões com formação completamente diferentes e que se completam no Direito Digital.

Nós prestamos consultoria de comunicação digital, seja para escritórios de advogados, ou seja, para empresas.

Sigilo total.

Carlos G Matos Jr   carlosgmatosjr@gmail.com