Gestão de Crise

O país passa pela mais séria crise de suas instituições. Seja empresa, seja poder público, seja personalidade e ou liderança política.
Estão todos muito feridos. Desde o empresário que pagou propina, da empresa onde ele trabalha, passando pelo político que a recebeu e acabando na instituição que ele representa.

E podemos verificar que muitas vezes essas linhas de ações se embaralhavam com outras.

É hora de mostrar o outro lado da moeda, que esse mesmo empresário, que essa mesma empresa, assim como esse político e a instituição que ele representa, possui valores nobres a oferecer e uma contribuição valiosa ao país dentro da ética que deve nortear todos os caminhos.

E não há melhor meio para se realizar esse trabalho do que usando o poder das redes sociais.

Nas redes, usando os programas de monitoramentos, podemos falar com um publico alvo muito bem focado. Podemos atingi-los de forma direta ou de forma subliminar. Podemos criar um “Social Media Mix” onde esse público obtém boas informações de diversas fontes e de formas e locais diferentes.

Assim, uma mistura de mídia social perfeita é o resultado da identificação das melhores plataformas para realizar uma campanha de comunicação. Uma vez traçado o plano de ação o próximo passo é definir sua estratégia de publicação.

Cada caso será sempre um caso único e com uma combinação diferente de redes.

A nossa experiência de muitos anos em gerenciamento de crises de nossos clientes, comprova o bom resultado de nosso trabalho. Por questão de ética, abrimos mão de torná-las públicas, mas podemos dar todos os esclarecimentos de forma pessoal.